TAMA é um dos mais antigos instrumentos utilizados pelos Griots da Africa Ocidental, sua história pode ser rastreada até ao antigo Império Gana, o povo Hausa e por influência, o povo Yorubá do sudoeste da Nigéria, do Benim e Dagomba, do norte de Gana, que desenvolveram um gênero musical altamente sofisticado centrado no TAMA. No século XX o tambor falante tornou-se parte da música popular na África Ocidental. Ele é usado para tocar em música Mbalax do Senegal, no Fuji e Jùjù da Nigéria, onde é conhecido como dùndún (não fazer confusão com o tambor dundun bass do povo Mandé). No Brasil, este instrumento vem sendo utilizado em vários gêneros musicais como o samba, e o reggae. TAMA é conhecido como o "tambor da comunicação".  

O tocador do TAMA coloca o tambor embaixo do braço e bate no couro com uma baqueta curvada e arredondada na ponta. O Percussionista sobe ou desce o tom ao apertar ou ao liberar as cordas com o braço. Isso pode produzir sons informativos extremamente complicados para transmitir mensagens. A habilidade de mudar a altura dos sons deste tambor é análogo ao da linguagem tonal de algumas línguas Africanas. 
Aqui, fazemos e personalizamos o seu tambor, escolha o tamanho, as cores e o que mais vc imaginar para o seu instrumento, escreva para
percussao@casadotamborpercussao.com.br

 

Seja bem-vindo, envie um email para percussao@casadotamborpercussao.com.br e solicite mais informaçoes sobre oficinas, projetos e instrumentos.

  Site Map